LEIA
 » CONVERSANDO COM
   OS LEITORES ...
 » NOVAS DA SENHORA
   DA BOA VIAGEM (3)
 » COMUNICADO DA
   COMISSÃO POLÍTICA
   DO PSD DA
   PRAIA DA VITÓRIA
 » Rabo de Peixe
 » O 17º CICLO DE
   CULTURA AÇORIANA
 » A DRA. BERTA CABRAL
   EM TORONTO
 » Dia dos Avós
 » CRÓNICA PICOENSE
 » Edições Anteriores
 

Rabo de Peixe

Apresentados primeiros planos de um Projecto radical de 22 milhões

Foram apresentadas sexta-feira as linhas mestras do projecto que pretende reestruturar e realojar a freguesia de Rabo de Peixe, na ilha de São Miguel. Um projecto de 22 milhões de euros.

Trata-se de uma zona de profundas carências em termos sociais e humanos que começa a assistir ao aflorar de um plano de recuperação que pode vir a solucionar o problema no futuro. Com a presença dos ministros Morais Sarmento e Carmona Rodrigues, nos Açores, foram entregues nove moradias e assinados protocolos que visam colocar o projecto de recuperação em marcha.

Nove famílias da freguesia de Rabo de Peixe, concelho da Ribeira Grande, receberam a chave para o início de um novo ciclo de vida. Tratou-se do acto de entrega dos primeiros 9 fogos a famílias carenciadas, de um total de 79 previstas nesta primeira fase. O projecto de realojamento contou com a participação financeira do Governo Regional dos Açores, Instituto Nacional da Habitação e Câmara Municipal da Ribeira Grande. O acto de entrega na presença do Ministro da Presidência, Morais Sarmento e do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Habitação, Carmona Rodrigues que se fizeram acompanhar de outras individualidades políticas do Governo Central. Posteriormente, foi feita uma visita aos fogos atribuídos e uma vistoria a várias habitações onde permanecem a viver famílias em condições severamente desumanas.

Durante a permanência em Rabo de Peixe, Morais Sarmento falou ao jornalistas e frisou que o "projecto parte do aproveitamento de um conjunto de verbas disponíveis superior a 20 milhões de euros" (cerca de 4 milhões de contos) nos quais Portugal candidata dois projectos. Para Sarmento, aquele a que se assistiu, "é o principal" já que o outro está directamente ligado ao Continente Português. Sobre o protocolo que conta com a participação do Governo Regional, Carmona Rodrigues confirmou a par com Morais Sarmento que existem dois acordos para a freguesia de Rabo de Peixe, sendo um dos quais realizado através do INH com a autarquia da Ribeira Grande enquanto que o outro envolve o Governo Regional e a referida câmara, este último no que concerne à construção de novos fogos de habitação social para o concelho. No que toca à comparticipação por parte do Governo da República, referiu que tal facto tem existido, tendo sido o caso presente um exemplo do apoio "central", para além do auxílio proveniente do INH que foi protocolado durante a tarde do mesmo dia.



Copyright © 2003, VOICE Luso Canadian Newspaper Ltd. First Luso Canadian Paper to Jump on the Net! For more information contact [email protected]
 
Toronto,
28/Junho/2003
Edição 791

ANO XXIII

   
   

 

 

  Desenvolvimento - AW ART WORK