LEIA
 » PEDRAS
   E INSTITUIÇÕES
 » PEIXE A ALTO PREÇO
 » Capturas
   de pescado/Açores
 » Milho genético
 » GNR de São Miguel
    cumpre missão
   em Nassiriyah
 » Nos Açores o valor
  das casa subiu 68%
   nos últimos 4 anos
 » EM OFF
 » Inauguração
   do Bessa Sec. XXI
 » CRÓNICA PICOENSE
 » Edições Anteriores
 

No porto de Ponta Delgada
- Milho genético mantém-se no navio para ser devolvido
As 5.800 toneladas de milho importadas pela Associação Agrícola de São Miguel (AASM), proveniente de Nova Orleães (EUA), devem regressar à origem no início da próxima semana.

O navio que trazia o produto suspeito de ser geneticamente modificado, chegou sábado de manhã ao porto de Ponta Delgada, mas não chegou a ser descarregado. Ao contrário de 4 toneladas de gluten, a carga com potencial transgénico continuará nos porões da embarcação até segunda-feira ou depois, altura em que o presidente da AASM dá como certa a sua devolução, sem custos, ao operador, por impossibilidade de armazenagem local. Jorge Rita disse que as análises e contra-análises ao milho demorariam mais de um mês e, face à morosidade, não há condições para manter o produto em stock, até porque isso poderia causar o risco de rotura em relação a outras matérias-primas armazenadas na AASM. De qualquer modo, a Associação Agrícola vai recolher uma amostra do milho para averiguar o conteúdo do cereal.
O milho destinava-se à fábrica de rações da AASM e, ao não sê-lo, Jorge Rita adivinha o aumento de preços ao agricultor e consequente perda de rendimentos. In "Açoriano Oriental"



Copyright © 2003, VOICE Luso Canadian Newspaper Ltd. First Luso Canadian Paper to Jump on the Net! For more information contact [email protected]
 
Toronto,
24/Novembro/2003
Edição 806

ANO XXIII

   
   

 

 

  Desenvolvimento - AW ART WORK