LEIA
 » VISITANDO MANASSAS
 » ARANHAS
   E SUPERSTIÇÕES
 » Casas
   em Ponta Delgada
    entre as mais caras
   do país
 » A MINHA NOTA
 » Acordo luso-espanhol
   "secreto"
 » Terços dos romeiros
   destruídos
 » Cruzeiros Açores
 » EM OFF
 » Massacre infame
 » CRÓNICA PICOENSE
 » Edições Anteriores

 
Casas em Ponta Delgada
entre as mais caras do país

  O preço médio dos apartamentos novos varia entre 1250 e 1500 euros o metro quadrado

EComprar um apartamento T1 novo em Ponta Delgada sai mais caro do que em Braga, Guimarães ou Viana do Castelo.
O preço médio de venda dos T1 construídos no perímetro urbano de Ponta Delgada varia entre os 115 mil e os 118 mil euros, quando nas cidades referidas do Norte do país, o preço médio de um apartamento com a mesma tipologia custa à volta de 68 mil euros.
Porto e Lisboa distinguem-se entre todas as regiões do país pelos elevados preços praticados: enquanto nas zonas mais caras da capital portuguesa os T1 são vendidos a pouco mais de 260 mil euros, na zona da Foz (a mais cara do Porto) o preço médio é de 167 mil euros.
Quanto aos T3, estão a ser vendidos em Ponta Delgada a preços que variam entre os 174 mil e os 200 mil euros. Ora, atendendo a que em Lisboa o preço médio de um T3 é de 272 mil 424 euros, conclui-se que os apartamentos na capital são 36.2 por cento mais caros do que em Ponta Delgada. Uma diferença percentual que apesar de tudo é pequena quando comparada com a existente entre Lisboa e Braga, Guimarães e Viana do Castelo, onde os apartamentos T3 são 114 por cento mais baratos do que na capital, ou entre Lisboa e as zonas mais baratas da cidade do Porto (Paranhos, Montes Burgos e Areosa), onde os preços praticados são 56.3 por cento mais baratos do que em Lisboa.
A avaliar pelos valores de venda revelados por algumas imobiliárias, o preço médio de venda dos apartamentos novos construídos em Ponta Delgada varia entre 1250 euros e 1500 euros o metro quadrado.A ronda por algumas imobiliárias com actividade em São Miguel permitiu concluir, por exemplo, que um T3 com 120 m2, com garagem e arrecadação, custa em média 174 mil euros. Mas há apartamentos da mesma tipologia que estão a ser vendidos a 200 mil euros. O preço depende de variantes tão diversas como a localização do edifício, o andar do apartamento (o preço aumenta à medida que se sobe mais um piso), a "vista", o tipo de acabamentos e a existência ou não de lugar de estacionamento ou garagem.

Preços disparam
Em média, os preços dos apartamentos novos construídos no perímetro urbano de Ponta Delgada sofrem um agravamento anual de cinco por cento.
António José Ferreira avalia as habitações sujeitas a financiamento bancário. O engenheiro considera que nos últimos anos houve "uma valorização anormal dos apartamentos" vendidos em Ponta Delgada.
A percepção de consumidores e agentes imobiliários é que de ano para ano o preço dos apartamentos novos em Ponta Delgada dispara. O mesmo apartamento dois anos depois pode ser vendido dez mil euros mais caro. Há dois anos, por exemplo, apartamentos novos T3 com 120 m2, avaliados actualmente em 174 mil euros, foram vendidos a 155 mil euros.
Tal como os agentes imobiliários contactados pelo Açoriano Oriental, António José Ferreira considera que os aumentos dos preços resultam do facto da procura de habitação na cidade de Ponta Delgada ser significativa e de, por outro lado, não existirem muitos lotes disponíveis no perímetro urbano. Ora, diz António Machado, "o maior especulador é o comprador". Portanto, "enquanto houver procura vai haver aumentos", diz por seu lado Hermano Rego. Nos próximos tempos, as imobiliárias não esperam uma estagnação do mercado.



Copyright © 2004, VOICE Luso Canadian Newspaper Ltd. First Luso Canadian Paper to Jump on the Net! For more information contact [email protected]
 
Toronto,
15/Março/2004
Edição 821
ANO XXV

 
    Por PAULA GOUVEIA

 

 

 

 

  Desenvolvimento - AW ART WORK