LEIA
 » VISITANDO MANASSAS
 » ARANHAS
   E SUPERSTIÇÕES
 » Casas
   em Ponta Delgada
    entre as mais caras
   do país
 » A MINHA NOTA
 » Acordo luso-espanhol
   "secreto"
 » Terços dos romeiros
   destruídos
 » Cruzeiros Açores
 » EM OFF
 » Massacre infame
 » CRÓNICA PICOENSE
 » Edições Anteriores
 
Massacre infame

Tenha sido a ETA ou a Al-Qaeda, ou as duas juntas, a cometer o massacre infame de Madrid, em nome do terror indiscriminado e sem sentido, jamais as democracias poderão vergar perante estes assassinos sem perdão, que matam e ferem cidadãos de todos os credos, idades e ideologias, com a maior das friezas psicopatas.
Hoje, em Espanha e em muitos países, Portugal incluído, milhões de pessoas vão protestar contra esses criminosos e mostrar que é nestas alturas que os países democráticos se levantam e unem em defesa da liberdade, da vida e da segurança.
Não há desculpas nem palavras de compreensão para grupos terroristas, baseados nestas ou naquelas ideias loucas. Eles não têm lugar no nosso mundo, em nenhum mundo, aliás, e só a determinação, a força e a vontade dos Governos democráticos os poderá derrotar.
Hoje, os espanhóis merecem um minuto de silêncio e uma oração de respeito pelas centenas de vítimas desses psicopatas sem lei, assassinos sem alma, e terroristas sem pátria.



Copyright © 2004, VOICE Luso Canadian Newspaper Ltd. First Luso Canadian Paper to Jump on the Net! For more information contact [email protected]
 
Toronto,
15/Março/2004
Edição 821
ANO XXV

   
   
   
    Por Luís Delgado

 

 

  Desenvolvimento - AW ART WORK